Últimas

Eleições 2014

Trânsito

Últimas Notícias

Colisão no centro de FW

Publicado terça-feira, 21 de outubro de 2014 | 15:26:00
Fotos: Suzanne Borela
O acidente entre uma Volkswagen/Kombi, placas de Planalto, e um Renault/Megane, placas de Frederico Westphalen, ocorreu por volta das 11 horas, no centro da cidade. Ambos os condutores vinham pela rua Coronel Aparício Borges, porém em lados opostos.

O motorista da Kombi dobrou para a esquerda na rua Tenente Lira, não percebendo a aproximação do outro veículo, que segundo ele estava em alta velocidade. A condutora do Megane não parou a tempo e bateu fortemente na lateral da Kombi. Os condutores não sofreram ferimentos e a Policia Militar foi chamada para atender a ocorrência.
Suzanne Borela/Folha

Aécio tem 53,2% contra 46,8% de Dilma, mostra pesquisa do instituto Veritá

Publicado | 14:56:00
O senador Aécio Neves (PSDB) seria eleito presidente da República com 53,2% dos votos válidos, caso a eleição fosse hoje. É o que diz pesquisa do instituto Veritá, encomendada pelo jornal Hoje em Dia. A presidente Dilma Rousseff (PT) não seria reeleita pois conta com 46,8% da preferência do eleitor.

A pesquisa foi realizada entre os dias 17 de outubro e ontem e a margem de erro é de 1,4 pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento descarta o empate técnico, já que no pior cenário de Aécio e no melhor de Dilma, o tucano continua à frente. 
Se forem considerados os votos totais, o senador Aécio Neves teria 47% das intenções de voto. Dilma aparece com 41,4%. Os indecisos somam 7,8% e outros 3,7% votariam em branco ou nulo.

Rejeição
De acordo com o Veritá, a rejeição da presidente Dilma é maior que a do senador. O índice de rejeição dela é de 46,1% dos eleitores. Já 39,1% dos entrevistados afirmaram que não votariam de jeito nenhum em Aécio Neves.

O instituto também perguntou quem os entrevistados acreditam que será eleito o próximo presidente da República, no dia 26 deste mês. Para 56%, o senador tucano vencerá a disputa. Os outros 44% acreditam que a petista sairá vitoriosa. 
A amostragem da pesquisa é 7.700 eleitores em 213 cidades de todos os Estados brasileiros. Ela foi registrada com o número 01144/2014 no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O nível de confiança é de 95%.

Reabertura da ponte de Iraí está programada para sábado

Publicado | 14:24:00
A mobilização regional em busca da liberação do tráfego parcial da ponte que liga os Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina já começou a dar resultado. Após a manifestação realizada na sexta-feira, 17, e uma reunião que ocorreu na manhã desta terça-feira, 21, entre representantes da empresa contratada para executar as obras, a Sogel, da Polícia Rodoviária Federal, lideranças e autoridades da região, foi sinalizado que a ponte deve ser reaberta para carros de passeio e micro-ônibus no próximo sábado, 25.

Daiane Binello/AU

Acidente entre ambulância e micro-ônibus deixa feridos no RS

Publicado segunda-feira, 20 de outubro de 2014 | 22:34:00
(Foto: Altamir Oliveira/Rádio Estação FM)
Um acidente entre uma ambulância e um micro-ônibus deixou pelo menos quatro pessoas feridas na tarde desta segunda-feira (20) na RSC-453, entre Farroupilha e Garibaldi, na Serra do Rio Grande do Sul. Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar, os veículos colidiram lateralmente no km 101, pouco depois das 17h15.
Os feridos estavam na ambulância e foram encaminhados a hospitais da região. Dois deles estavam internados no Hospital Tacchini, de Bento Gonçalves, na mesma região, e não corriam risco de morte, conforme a instituição. A polícia rodoviária não soube informar para onde foram levados os outros dois feridos no acidente. 
O motorista do micro-ônibus, com placas de Garibaldi, se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi multado. Até as 18h30, o trânsito estava com uma faixa bloqueada no local. Segundo o CRBM, motoristas enfrentavam lentidão no sentido Farroupilha-Garibaldi.
Do G1 RS

Apreendidos 1,5 mil pacotes de cigarro contrabandeados em Seberi

Publicado | 22:19:00
Por volta das 19h30min deste domingo, 19, a Polícia Rodoviária Federal, posto de Seberi abordou uma camionete Ford/F100 de cor vermelha com placas de Campo Êre-SC. Os policiais suspeitaram do veículo e efetuaram abordagem, porém, o veículo empreendeu fuga em uma estrada de chão batido. Após perseguição os policiais apreenderam o veículo e nele encontraram 1,5 mil pacotes de cigarro contrabandeados do Paraguai. Diante do fato o condutor A. R. de 37 anos foi preso em flagrante e encaminhado, juntamente com o veículo e a mercadoria, até a Delegacia de Polícia Federal de Santo Ângelo. 

Adriano Dal Chiavon/AU



Dilma tem 52%, e Aécio, 48% dos votos válidos, aponta Datafolha

Publicado | 20:31:00
Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (20) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:
- Dilma Rousseff (PT): 52%
- Aécio Neves (PSDB): 48%


Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.
A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo".
De acordo com o Datafolha, na reta final da eleição, os candidatos continuam empatados, no limite da margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos, mas Dilma aparece pela primeira vez numericamente à frente de Aécio em um levantamento feito após o primeiro turno.
No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 15, Aécio tinha 51% e Dilma, 49%.
Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:
-  Dilma Rousseff (PT): 46%
- Aécio Neves (PSDB): 43%
- Em branco/nulo/nenhum: 5%
- Não sabe: 6%
Na margem de erro, os candidatos estão empatados tecnicamente.
O Datafolha ouviu 4.389 eleitores no dias 20 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01140/2014.
Certeza do voto
O Datafolha também perguntou, entre os dois candidatos, em quem os eleitores votariam com certeza, em quem talvez votassem e em qual não votariam de jeito nenhum. Veja os números:
Dilma
45% - votariam com certeza
15% - talvez votassem
39% - não votariam de jeito nenhum
1% - não sabe
Aécio
41% - votariam com certeza
18% - talvez votassem
40% - não votariam de jeito nenhum
2% - não sabem
1º turno
No primeiro turno, Dilma teve 41,59% dos votos válidos e Aécio, 33,55%

Do G1 RS

Incêndio destrói torre de usina termelétrica, no RS

Publicado | 18:49:00
Foto: Divulgação/Bombeiros de Candiota
Um incêndio de grandes proporções atingiu nesta segunda-feira (20) uma usina termelétrica do Complexo de Candiota, na Região da Campanha do Rio Grande do Sul. De acordo com os bombeiros, o combate às chamas, que destruíram uma torre de resfriamento, demorou mais de uma hora e foi finalizado por volta das 11h10. Ninguém ficou ferido.
Apesar do incêndio, a produção de energia não foi afetada, segundo informou, através de nota, a Eletrobras. Conforme a estatal e os bombeiros, as causas para o início do fogo ainda são desconhecidas. Com mais de dez metros de altura, a torre consumida pelo fogo, havia sido totalmente reformada entre 2009 e 2010. O projeto custou mais de R$ 8 milhões, afirmou a Eletrobras.
A estrutura do local atingido é constituída em boa parte de madeira tratada e estruturas complementares de fibra. As causas estão sendo apuradas. "O incêndio ocasionou danos consideráveis na instalação apesar da tentativa das equipes em combater as chamas", diz a nota da estatal.
As chamas, de acordo com os bombeiros, foram controladas com equipamentos de prevenção existentes na usina. O incêndio será investigado pela Polícia Civil. A Eletrobras ressaltou que o Complexo Candiota conta com outras duas torres de resfriamento, ambas com estrutura totalmente em concreto.
Veja a íntegra da nota da Eletrobras:
A Eletrobras CGTEE vem a público esclarecer que por volta das 11h da manhã de hoje (20/10/2014) ocorreu um sinistro (incêndio) que atingiu e danificou a torre de resfriamento evaporativa da sua usina denominada Fase A, localizada em Candiota/RS. Felizmente não houve feridos na ocorrência. O incêndio ocasionou danos consideráveis na instalação apesar da tentativa das equipes em combater as chamas. A estrutura é constituída em boa parte de madeira tratada e estruturas complementares de fibra. As causas estão sendo apuradas.
A produção da usina  não foi afetada gerando na sua unidade quatro 109 MW e na cinco 303 MW totalizando 412 MW.
A torre de resfriamento havia sido totalmente reformada em 2009/2010, com investimento da ordem de R$8 milhões.
Existem outras duas torres de resfriamento em operação no Complexo Candiota, uma torre seca em formato de parabolóide hiperbólico que atende a Fase B e outra evaporativa que atende a Fase C, ambas com estrutura totalmente em concreto.
A torre de resfriamento cumpre a tarefa de criar a superfície fria no condensador, para que o vapor, após passagem e acionamento da turbina, volte ao estado líquido e seja reconduzido à caldeira para novamente ser transformado em vapor e continuar movimentando a turbina no processo de geração de energia elétrica.
A Fase A está fora de operação com retorno previsto para o início de 2015.
Dados da instalação atingida pelo fogo:
Medidas externas da torre de resfriamento: comprimento = 116m; largura = 14,5m; altura 15,5m.
Constituição: 8 células de fluxo cruzado, em madeira tratada quimicamente a vácuo, com dimensões de 14,50 x 14,50 x15,50 m, apresentando:
- 8 ventiladores, Ø 8 m, 147 rpm, acionados por motores elétricos de 132 KW, 380 V;
- Vazão de circulação: 22.000 m³/h;
- Volume total de água, incluindo depósito da torre e galerias: 5.000 m³;
- Temperatura ambiente bulbo úmido: 26,5°C;

- Temperatura da água na entrada: 38°C;
- Temperatura da água na saída: 30°C.
Do G1 RS

Adulteração do leite: Mais pessoas são presas no RS e SC

Publicado | 18:25:00
Na manhã desta segunda-feira, 20, foi deflagrada a terceira operação para combate a crimes de adulteração do leite no consumo humano. A operação recebe o nome de “Leite Adulterado III”, tendo em vista ser a continuidade de investigações das Operações “Leite Adulterado I e II”, realizadas em 19 de agosto. A mesma foi instaurada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), de Chapecó (SC).
As ordens judiciais foram autorizadas pelo juiz de Direito da Comarca de Quilombo (SC) e estão envolvidas empresas localizadas nos municípios catarinenses de Cordilheira Alta, Coronel Freitas, Novo Horizonte, São Bernardino, Santa Terezinha do Progresso e Formosa do Sul e em Iraí, no Rio Grande do Sul.
Foram cumpridos 16 mandados de prisões, além de 21 mandados de busca e apreensão em unidades industriais, residências e propriedades rurais de seis cidades do Oeste e Meio-Oeste de Santa Catarina e uma do Rio Grande do Sul.
Com informações do MP/SC,
Gracieli Verde/AU

Veículo da prefeitura de Seberi tomba no interior do município

Publicado | 18:08:00
Caminhão Caçamba da Prefeitura de Seberi tombou no final da manhã desta segunda-feira(20) na Comunidade da Linha Santana. 
De acordo com informações o condutor A.O.M.S teria perdido o controle do veículo caindo em um barranco, porém nada sofreu. 
A caçamba no momento do acidente estava carregada com cascalho. 

Delonice Barbosa

Defesa Civil registra 28 cidades afetadas por temporais no RS

Publicado | 02:45:00
Pinheiro cai sobre casa e mata mulher em Gramado Foto: Halder Ramos

A Defesa Civil elevou para 28 o número de cidades afetas pelos temporais nos últimos três dias, de acordo com o último relatório divulgado neste domingo. O total de casas atingidas também aumentou em relação ao boletim publicado anteriormente, ao meio-dia. Com a contagem referente a Santiago e Tupanciretã, o total subiu de 2.750 para 3 mil. O coordenador da 12ª regional da Defesa Civil, major José Vilmar Robaina da Jornada, explica que a contabilidade total dos estragos em Tupanciretã ainda está sendo feita e que o apoio às áreas afetadas deve seguir nesta segunda-feira.

Até o momento, no entanto, a Defesa não recebeu o pedido oficial dos decretos de emergência: pelo menos quatro das cidades devem solicitar a homologação do decreto em virtude dos estragos causados pelas intempéries. Além disso, mesmo com o montante de casas e municípios atingidos, o número de desabrigados e desalojados é inexpressivo. A Defesa Civil reforça que como os danos causados pelo granizo são pontuais, a solução paliativa por meio da distribuição de lonas ajuda na permanência das famílias em casa. 

Quatro pessoas morreram vítimas do mau tempo: uma atingida por uma árvore, em Gramado, duas vítimas de raios, em Viamão e Canguçu, e uma quarta atingida por um portão levado pelo vento, em Sertão. Oficialmente, os casos de Viamão e Gramado ainda não entraram para o levantamento da Defesa Civil.

Ananda Müller / Rádio Guaíba

Tarso e Sartori demonstram preocupação com segurança e dívida do Estado

Publicado | 02:28:00
Foto: Fabiano do Amaral

Os candidatos ao governo José Ivo Sartori (PMDB) e Tarso Genro (PT) debateram neste domingo, na TV Record RS, as propostas para o futuro do Rio Grande do Sul. A exemplo do último encontro, os parlamentares protagonizaram um confronto direto e o petista voltou a pedir mais clareza sobre o programa de governo. Sartori, por outro lado, afirmou que oponente só estava acostumado a fazer promessas e não cumpri-las. Os temas da segurança e da renegociação da dívida do Estado são as principais preocupações dos candidatos.

Na próxima quarta-feira, a Rádio Guaíba realizará um debate entre candidatos, a partir das 13h30min, no programa “Esfera Pública”. O encontro terá mediação dos jornalistas Taline Oppitz e Juremir Machado da Silva.

Segurança

Tarso Genro: A questão da segurança não está bem, mas está melhor do que Pernambuco, Santa Catarina e outros locais. Aqui não tem incêndios de ônibus. Questão da segurança pública é grave. O que é preciso saber quem está fazendo o encaminhamento correto. Mais policiais estão entrando, valorização dos policiais militares, desativação do Presídio Central. É um conjunto de medidas. Estamos dando sim uma atenção muito séria e queremos a oportunidade de dar continuidade a este trabalho.

José Ivo Sartori: O Tarso se esforça bastante para dizer que a segurança melhorou. A população sabe que piorou. Existem condições muito adversas. Esta questão é geral. Não adianta citar outros estados, nós queremos saber do nosso local. É preciso acabar com a questão da drogadição. Queremos preparar as escolas, justamente para ter mais cuidado com a juventude.

Renegociação da dívida 

Tarso: Aquele projeto foi aceito pela assembleia e foi uma negociação forçada pelo governo federal. Como nós resistimos até agora? Nós criamos uma base parlamentar que nos sustenta e apoia a proposta que nós fizemos. São questões de natureza política e tem que ser tratadas assim. 

Sartori: O Tarso se convenceu que tem que rebaixar as prestações que o Estado paga por causa da dívida. Esta situação é brutal para o Estado. Ele deveria ter cuidado melhor dos cofres do Rio Grande do Sul.

Saúde

Tarso: Se candidato Sartori for eleito, vai ter que dar continuidade ao que já está sendo feito. A gente faz qualquer pergunta e o senhor acha que é uma falta de respeito. Parece que o senhor não lê o seu programa de governo. Seu programa é impraticável por conta dos custos para os cofres públicos.

Sartori: É preciso avançar na saúda da família sim. Muitas propostas que o senhor Tarso fez está requentando agora. Esta é a prática de transferir responsabilidade, tirando dinheiro da educação e da saúde. Prometeu e não cumpriu. Vamos parar de colocar a culpa nos outros. 

Políticas Públicas para Mulheres 

Tarso: O meu adversário não sabe o que é uma secretaria da mulher. Esta secretaria modificou o panorama da mulher em território gaúcho. Temos patrulha Maria da Penha e a proteção da mulher, além de um conjunto de programas que envolvem a mulher como protagonista. Se é para dizer que vai continuar programas, significa dizer que não tem proposta

Sartori: Nós não somos rancorosos nem raivosos para não levar isso adiante. Eu trabalhei durante oito anos e posso dar um testemunho sobre isso quando estive em Caxias do Sul, na prefeitura. Fizemos um trabalho olhando por todos os setores e diminuimos a morte por câncer de mama. Fizemos um orçamento comunitário por todos os bairros. A valorização da mulher se faz com programas de saúde.

Esportes 

Tarso: O programa do meu oponente não fala nada sobre esporte. Ele não sabe que foi criada no RS uma secretaria separada para o Esporte. Centro estadual de esportes estava quebrado quando chegamos ao governo. Temos centro regionais que fazem a integração entre prefeituras e os programas esportivos. Parece que ele vai continuar com este programa

Sartori: Se você quer criar talentos, é preciso começar pelas escolas. Vamos investir na relação entre secretarias e não pode ficar só nos investimentos para a Copa. É lá na comunidade, com professores bons, escolas boas e acima de tudo no esporte. Tem que valorizar a cultura e o procedimento das artes. 

Correio do Povo

Acidente mata duas pessoas e deixa dois feridos em Ibirubá

Publicado | 02:25:00
Foto: Carlos Magno/Arquivo Pessoal
Um jovem de 19 anos e um adolescente de 14 morreram em um acidente na manhã deste domingo, em Ibirubá, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul. Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar, um Ford Escort colidiu contra uma árvore no km 2 da VRS-324, por volta de 6h50.
Além das vítimas, duas meninas ficaram em estado grave. Elas foram encaminhadas ao hospital de Ibirubá, mas, acabaram transferidas ao Hospital de Cruz Alta, na mesma região, por causa da gravidade dos ferimentos.
Do G1 RS

Laudo de perito particular contesta suicídio da mãe de Bernardo

Publicado | 02:20:00
Um laudo elaborado por um perito particular pode reabrir as investigações sobre a morte da Odilaine Uglione, a mãe do menino Bernardo Boldrini, assassinado em abril deste ano, no Rio Grande do Sul. Segundo o documento, a mãe do menino não cometeu suicídio, mas foi assassinada. O marido, Leandro Boldrini, seria o principal suspeito.
Leandro está preso, acusado de tramar a morte do menino junto com a madrasta, Graciele Ugulini, e os irmãos Edelvânia Wirganovicz e Evandro Wirganovicz. Os quatro respondem a processo criminal pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.
A mãe de Odilaine, Jussara Uglione, de 73 anos, acredita que a filha não se matou com um tiro de revólver calibre 38, com concluiu a polícia há cerca de quatro anos. A enfermeira foi encontrada morta em 2010 dentro da clínica do então marido, Leandro Boldrini, em Três Passos. “Não, não, ela não se matou”, diz Jussara.
A mesma opinião tem o especialista em ciências Policiais Eduardo Llanos, contratado por Jusssara e que ajudou a elaborar um novo laudo sobre a morte de Odilaine. O especialista diz que não tem nenhuma dúvida de que a mãe de Bernardo foi assassinada.
Na época da morte de Odilaine, a polícia chegou à conclusão de que se tratava de suicídio com base no depoimento de testemunhas e nos laudos da perícia oficial, mas um resultado intrigou a família da enfermeira. Havia resíduos de chumbo – o principal elemento químico da pólvora – apenas na mão esquerda de Odilaine, mas ela não era canhota. Era destra. “Os amigos desconfiaram primeiro, mas ninguém queria me contar. E pensando no Bê a gente ficou quieto”, conta Jussara.
Bê era o apelido de Bernardo, o neto Jussara e filho de Odilaine. O menino, de 11 anos, foi encontrado morto em uma cova rasa, em abril passado, em Frederico Westphalen, a cerca de 80 quilômetros de Três Passos, onde ele morava com a família. O caso revelou um passado de violência e humilhações sofridas pelo garoto.
Para a família de Odilaine, uma gravação encontrada no celular de Leandro é mais um indício de que ela não se suicidou. Bernardo discute com o pai e com a madrasta quando eles falam sobre Odilaine. “Eu sei que tua mãe é o máximo para ti. Mas simplesmente ela te abandonou”, diz o pai no vídeo. “Ela não me abandonou. Tomara que tu morra. E essa coisa que morra junto”, retrucou o menino. “Tu vai ir antes. Teu fim vai ser igual ao da tua mãe”, completou a madrasta.
A mãe acredita que Odilaine foi assassinada. Ela conta que, cerca de cinco horas antes de morrer, a filha estava feliz, pois iria se separar de Leandro. O motivo: brigas e traição. “Ela me disse: ‘Mãe, o Leandro andava pulando a cerca. Já vi, já peguei’. Cada um ia seguir seu rumo. Ela iria receber R$ 1,5 milhão e mais R$ 8 mil de pensão”, conta Jussara.
Depois de falar com a mãe por telefone, Odilaine foi se encontrar com o marido. A clínica do médico Leandro Boldrini funcionava em um andar de um prédio comercial. Segundo as investigações, Odilaine entrou pela porta que era o acesso dos pacientes e foi direto ao consultório, que ficava aos fundos. Leandro Boldrini não estava. O médico, de acordo com a polícia, chegou logo depois. Passou rapidamente pela recepção e quando chegou ao consultório, se surpreendeu com a presença da mulher.
Ao Fantástico, a então secretária da clínica, Andressa Wagner, disse o que teria acontecido depois. “Deu questão de, não sei te dizer se foi segundos ou minutos, daí ele logo saiu porta afora, pedindo socorro: ‘Chama a polícia, homicídio, suicídio’. Falou assim. Aí, quando ele estava saindo assim, deu o estouro. Daí eu corri lá dentro logo para ver o que era. Ela já estava no chão”, relatou ela, que disse não ter percebido nenhuma discussão entre os dois.
A mesma delegada que acusa Leandro Boldrini de ser o mandante do assassinato do filho Bernardo foi a responsável pela investigação da morte de Odilaine. “Todas as provas levaram a crer que ela se matou. Ela falou isso no dia anterior para umas testemunhas, em um centro espírita, que ela ia se matar. Ela falou para empregada dela no dia que ela ia se matar”, conta a delegada Caroline Bamberg.
Perito chileno morte Odilaine caso Bernardo (Foto: Reprodução/RBS TV)
Perito criminal chileno contesta laudo feita pela
polícia sobre morte de mãe de Bernardo
(Foto: Reprodução/TV Globo)
Para tentar acabar com as dúvidas, a mãe de Odilaine resolveu contratar uma empresa de São Paulo que faz perícias particulares. Depois de analisar todo o processo, o perito criminal Sérgio Saldias, que nasceu no Chile, elaborou o laudo de 32 páginas.
Ele critica o fato de exames que considera importantes não terem sido realizados. Por exemplo: não houve perícia nas roupas de Odilaine, nem nas de Leandro Boldrini para identificar possíveis sinais de luta. Também não procuraram resíduos de pólvora nas mãos de Leandro, para confirmar que ele realmente não atirou.
O perito também contesta o laudo oficial que afirma só ter chumbo na mão esquerda de Odilaine, que era destra. Segundo Sérgio Saldias, o resultado teria que apontar “obrigatoriamente” pólvora nas duas mãos dela. A conclusão final do perito é que “não existem fundamentos científicos suficientes no processo para afirmar que Odilaine se suicidou”.
O diretor da empresa que fez a perícia levanta uma hipótese: fala que a mãe de Bernardo pode ter sido assassinada e não descarta a presença de uma terceira pessoa dentro do consultório. Ele acredita que Odilaine possa ter tentado se defender com a mão esquerda antes de levar o tiro. “Na hora de proteger ou de tentar tirar a arma de quem possivelmente colocou a arma na boca dela e efetuou o tiro, automaticamente ficaram resíduos só em uma mão dela”, ressalta Eduardo Llanos.
Em maio deste ano, o perito Douglas Piérola – que fez o laudo oficial atestando o suicídio de Odilaine – deu explicações ao Ministério Público. Para ele, a mão direita da enfermeira segurava o revólver. Para ter mais firmeza no tiro, ela teria usado a mão esquerda como apoio e assim, acabou cobrindo a direita. Isso explicaria o motivo de ter sido encontrado chumbo só na mão esquerda. Procurado, ele não quis se manifestar.
O Fantástico fez um teste em um estande de tiro, seguindo as orientações de um professor da USP. A instrutora usou luvas e atirou em um alvo com um revólver calibre 38, o mesmo que teria sido usado por Odilaine. A posição das mãos também deveria ser semelhante a que foi apontada pelo perito oficial. Depois, as luvas foram analisadas no Instituto de Física da USP. “Temos chumbo na mão direita e na mão esquerda. Espalhou. Essa é uma análise muito sensível, uma análise atômico-nuclear, bastante indicada para esse tipo de análise”, explica Manfredo Tabacniks, coordenador do Laboratório de Análise de Materiais da USP.
Os parentes de Odilaine pedem que a investigação seja reaberta. “Há a imperiosa necessidade de justiça, que seja reaberta essa investigação a fim de que a impunidade não seja alcançada”, afirma o advogado da mãe de Odilaine, Marlon Taborda.
A delegada não concorda. “Análise nova é uma coisa. Agora, fatos novos não têm. Eu não vou reabrir porque eu entendo que o inquérito está concluso, como deveria ser concluso: que realmente ela se matou”, afirma Caroline Bamberg. “Eu não posso ser movida por um clamor social, que quer que ele fique mais tempo preso por uma coisa que ele não cometeu”, acrescenta a delegada.
Os advogados de Leandro não quiseram se manifestar. Em 30 dias, a Justiça deve decidir se a morte de Odilaine vai ser investigada de novo ou não. “Tem que investigar. Eu não posso morrer com essa dúvida também. Nós perdemos as duas últimas joias da família, que era o Bernardo e Odilaine”, completa Jussara Uglione.
Bernardo Boldrini Três Passos (Foto: Reprodução/RBSTV)
Bernardo Boldrini foi encontrado morto em abril
(Foto: Reprodução/RBSTV)
Entenda
Conforme alegou a família, Bernardo teria sido visto pela última vez às 18h do dia 4 de abril, quando ia dormir na casa de um amigo, que ficava a duas quadras de distância da residência da família. No dia 6 de abril, o pai do menino disse que foi até a casa do amigo, mas foi comunicado que o filho não estava lá e nem havia chegado nos dias anteriores.

No início da tarde do dia 4, a madrasta foi multada por excesso de velocidade. A infração foi registrada na ERS-472, em um trecho entre os municípios de Tenente Portela e Palmitinho. Graciele trafegava a 117 km/h e seguia em direção a Frederico Westphalen. O Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) disse que ela estava acompanhada do menino.
O pai registrou o desaparecimento do menino no dia 6, e a polícia começou a investigar o caso. No dia 14 de abril, o corpo do garoto foi localizado. Segundo as investigações da Polícia Civil, Bernardo foi morto com uma superdosagem de um sedativo e depois enterrado em uma cova rasa, na área rural de Frederico Westphalen.
O inquérito apontou que Leandro Boldrini atuou no crime de homicídio e ocultação de cadáver como mentor, juntamente com Graciele. Ainda conforme a polícia, ele também auxiliou na compra do remédio em comprimidos, fornecendo a receita. Leandro e Graciele arquitetaram o plano, assim como a história para que tal crime ficasse impune, e contaram com a colaboração de Edelvania e Evandro, concluiu a investigação.
Jonas CamposDa RBS TV

Ataques e acusações marcam debate entre Aécio e Dilma

Publicado | 02:16:00
Os candidatos a presidente Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) trocaram críticas em debate na noite deste domingo (20) na TV Record, mas privilegiaram a discussão de propostas e amenizaram o tom agressivo dos dois confrontos anteriores do segundo turno, o do SBT, na última quinta (16), e o da TV Bandeirantes, na terça (14).
Durante todo o debate, eles se trataram por "candidato" ou "candidata", sem se dirigirem um ao outro pelos nomes. Aécio chegou a afirmar, logo na primeira questão formulada a ele por Dilma, sobre o Supersimples: "Agradeço a qualidade da sua primeira pergunta". Em seguida, os dois presidenciáveis passaram a fazer acusações um ao outro, mas dentro de questões que abordaram temas de governo.
Ao perguntar sobre violência, Aécio disse que a rival "tem problemas com números".
Sobre direitos trabalhistas, Dilma questionou o tucano sobre supostas "medidas impopulares" que tomaria se eleito. Ele respondeu falando em demissões na indústria de São Paulo, apontando os "piores" números de crescimento econômico.
O tucano lembrou falas anteriores da petista de que a inflação está sob controle, mas perguntou por que países vizinhos crescem mais com inflação menor. "A inflação está aí", disse Aécio. "Vocês sempre gostaram de plantar inflação para colher juros", respondeu Dilma.
Em diferentes momentos do debate, os dois divergiram sobre a paternidade de programas sociais. Dilma se referiu ao "meu Bolsa Família". "Não faça isso. O Bolsa Família não é seu", retrucou o candidato. Dilma disse que Aécio questiona algo que "o mundo reconhece".
Quando debateram sobre o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), Dilma afirmou que o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB) proibiu a construção de escolas técnicas. "Não consigo entender essa obsessão de ter um programa para chamar de seu. O seu governo não inventou as escolas técnicas", disse Aécio.
O tucano questionou Dilma sobre a Petrobras. Neste sábado, ela admitiu que houve desvios de recursos na empresa. Ele quis saber se a candidata confia no tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que teria obtido recursos para campanhas do partido por meio da empresa.
"Da última vez que um delator denunciou alguém do seu partido, no caso do metrô e dos trens, o senhor disse que não confiava na palavra de um delator", afirmou Dilma. "Se a senhora acha que houve desvios, a senhora está confiando na palavra do delator. Por que ao longo desses anos não se tomou providência?", indagou o tucano.
Do G1, em Brasília

Bolzan ganha 71,4% dos votos e é eleito presidente do Grêmio

Publicado sábado, 18 de outubro de 2014 | 23:55:00
 Em eleição realizada das 9h às 17h deste sábado, Romildo Bolzan Jr. foi eleito o novo presidente do Grêmio. Apoiado pelo agora ex-presidente Fábio Koff, Romildo derrotou o candidato da oposição Homero Bellini com 71,4% dos votos válidos, totalizando 6.398 eleitores. A eleição contou com cerca de quatro mil votos pela internet e aproximadamente quatro mil presenciais. Bolzan pertence à Chapa 04 e permanecerá no cargo por dois anos, no biênio 2015/2016.

Com a eleição, o Conselho e Administração do Grêmio será formado por Marcos Hermann, Adalberto Preis, Nestor Hein, Odorico Roman, Sergei Costa e Claudio Oderich. Fábio Kobb permanece no clube no departamento de futebol, que também será ocupado por Duda Kroeff e, possivelmente, Rui Costa.

"O resultado foi uma aprovação à atual gestão. O que teremos pela frente é muito trabalho, pois o Grêmio tem muitas coisas para realizar", disse Bolzan, que, em meio aos projetos dos próximos anos, citou a compra da Arena - anunciada recentemente por Fábio Koff.

"Teremos a compra da Arena, haverá o processo de implementação... As coisas acabam sendo muito difíceis. Quero declarar a nossa fé de que os gremistas têm como superar seus obstáculos com soberania a resultados positivos, e se tornar o maior clube brasileiro, sul-americano e mundial", prometeu.

Romildo é sócio do clube há 51 anos e conselheiro desde 1990. Além da carreira política no futebol, o novo presidente gremista foi vereador, vice-prefeito e três vezes prefeito da pequena cidade de Osório, no Rio Grande do Sul. Antes do início de sua campanha para o cargo máximo no clube tricolor, Bolzan era presidente estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT).

Gazeta Esportiva com Lancepress

Eleições 2014

Comida e Receitas

Curiosidades

 
Copyright © 2012-2014 Portal - In Foco RS
Ametista do Sul-RS - (55) 3752-1096 - VIVO (55) 8142-4875 WhatsApp (55) 9638-8984