Últimas

Polícia

Trânsito

Últimas Notícias

Após briga com prefeito, vereador é cassado em Caiçara

Publicado quinta-feira, 28 de agosto de 2014 | 20:08:00
Fotos: Adriano Dal Chiavon/AU
Em sessão extraordinária na tarde desta quinta-feira, 28, os vereadores caiçarenses decidiram pela cassação do mandato do parlamentar Vilmar Soares do PDT. O vereador teve seis votos favoráveis à perca do cargo, um contrário e um voto nulo. A decisão foi tomada, pelo legislativo entender que houve quebra de decoro parlamentar em confusão envolvendo Vilmar Soares e o prefeito do município Zílio Roggia, em uma reunião na prefeitura municipal no dia 11 de março deste ano. O parlamentar não havia sido convidado para o encontro entre o gestor municipal e diretores de escolas do município, mas insistiu em permanecer, até que a confusão iniciou. 

Adriano Dal Chiavon/AU

Ponte em Iraí poderá ser liberada em 20 dias, diz engenheiro

Publicado | 17:45:00
Fotos: Fábio Pelinson/AU
O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) divulgou nesta quinta-feira, 28, que a ponte sobre o Rio Uruguai, principal ligação dos municípios do Alto Uruguai, Rio Grande do Sul com o estado de Santa Catarina, poderá ser liberada no prazo de 20 dias, após obras emergenciais.

A ponte foi interditada para todos os veículos no final da tarde de terça-feira, 26, por apresentar um grave problema em dois dos quatro tubulões onde está ancorado o pilar danificado.

Segundo o supervisor regional do Dnit de Cruz Alta, engenheiro Luiz Augusto Bassani, a ponte de Iraí apresenta o mesmo problema que foi detectado na ponte de Agudo, no rio Jacuí, depois que ela veio abaixo em janeiro de 2010, quando ocorreu uma enchente.

Ainda segundo Bassani, o trânsito será liberado para veículos de passeio, ônibus, vans e caminhões de dois eixos, não ultrapassado 20 toneladas de peso. “Vamos trabalhar para o trânsito ser liberado, parcialmente, em 20 dias, se não ocorrer nenhum imprevisto. Caso o nível do rio aumente nesse período, a travessia será interrompida também para pedestres", disse.

A ponte foi construída na década de 1970 e tem cerca de 1 km de extensão. A estrutura passa por reformas desde março. Dezembro deste ano é o prazo de conclusão total das obras.

Josias Marques/InFocoRS

Brasil tem 202.768.562 habitantes, estima IBGE

Publicado | 16:28:00
O Brasil tem 202.768.562 habitantes, estima o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento foi publicado no "Diário Oficial da União" nesta quinta-feira (28), e a data de referência usada é 1º de julho de 2014.

Segundo o IBGE, desde a última estimativa, de julho de 2013, o Brasil tem mais 1.735.848 habitantes — um aumento de 0,86%. O texto também traz as estimativas populacionais de cada município do país.
Entre as unidades da federação, o estado mais populoso continua sendo São Paulo, que conta com mais de 44 milhões de residentes.
O estado de Minas Gerais tem 20,7 milhões de habitantes e o Rio de Janeiro, 16,46 milhões. A Bahia tem 15,12 milhões e o Rio Grande do Sul, 11,20 milhões. O menos populoso é o estado de Roraima, com 496,9 mil habitantes.
São Paulo lidera o ranking das 10 cidades mais populosas com 11.895.593 habitantes. Em seguida estão Rio de Janeiro (6.453.682), Salvador (2.902,927), Brasília (2.852.372), Fortaleza (2.571.896), Belo Horizonte (2.491.109), Manaus (2.020.301), Curitiba (1.864.416), Recife (1.608.488) e Porto Alegre (1.472.482).
Quando as capitais são retiradas do ranking de municípios mais populosos, Guarulhos (SP) lidera com 1.312.197 habitantes. Em seguida estão Campinas (SP), com 1.154.617, São Gonçalo (RJ), com 1.031.903, Duque de Caxias (RJ), com 878.402, e São Bernardo do Campo (SP), com 811.489.
Entre as 5 menos populosas estão Serra da Saudade (MG), com 822 moradores, Borá (SP), com 835 habitantes, Araguainha (MT), com 1 mil habitantes, Oliveira de Fátima (TO), com 1.091 habitantes, e Anhanguera (GO), com 1.093 moradores.
A projeção das populações é feita anualmente a pedido do Tribunal de Contas da União (TCU) e serve de base para o repasse de recursos do orçamento aos municípios.
Confira abaixo a estimativa da população para todos os estados e para o Distrito Federal em 2014:
ESTADOPOPULAÇÃO
Região Sudeste
São Paulo44.035.304
Minas Gerais20.734.097
Rio de Janeiro16.461.173
Espírito Santo3.885.049
Região Nordeste
Bahia15.126.371
Pernambuco9.277.727
Ceará8.842.791
Maranhão6.850.884
Paraíba3.943.885
Rio Grande do Norte3.408.510
Alagoas3.321.730
Piauí3.194.718
Sergipe2.219.574
Região Sul
Rio Grande do Sul11.207.274
Paraná11.081.692
Santa Catarina6.727.148
Região Norte
Pará8.073.924
Amazonas3.873.743
Rondônia1.748.531
Tocantins1.496.880
Acre790.101
Amapá750.912
Roraima496.936
Região Centro-Oeste
Goiás6.523.222
Mato Grosso3.324.357
Distrito Federal2.852.372
Mato Grosso do Sul2.619.657


Bernardo gritava por socorro e era ameaçado por madrasta; ouça

Publicado quarta-feira, 27 de agosto de 2014 | 17:36:00
Um vídeo obtido durante uma perícia no telefone celular de Leandro Boldrini, pai do menino Bernardo, mostra uma briga entre a família e o garoto, assassinado em abril deste ano no em Frederico Westphalen, Rio Grande do Sul.

As declarações são fortes. O menino de 11 anos foi assassinado em abril.
"Socorro, socorro, socorro", grita o menino, cinco vezes seguidas. "Vocês me agrediram, tu me agrediu", afirma Bernardo a Graciele.
Veja a transcrição (alguns trechos são inaudíveis)
Bernardo: Socorro.
Leandro: Vamos se acalmar. Vai para o teu quarto.
Bernardo: Socorro (...) vai me agredir. Socorro, socorro, socorro.
Graciele: (inaudível) Vai lá pedir socorro, vai lá.
Bernardo: Vão vocês!
Leandro: Quem que começou a bagunça?
Bernardo: Vocês me agrediram, tu me agrediu.
Graciele: E vou agredir mais. A próxima vez que tu abrir a boca para falar de mim, eu vou agredir mais.
Leandro: Xingando ela. Ninguém merece ser xingado, né, rapaz.
Graciele: Eu vou agredir mais, eu não fiz nada em ti.
Bernardo: Fez sim. Tu me bateu.
Graciele: Tu não sabe do que eu sou capaz.
Bernardo: Tu me bateu.
Graciele: Tu não sabe.
Bernardo: Tu me bateu.
Graciele: Eu não tenho nada a perder, Bernardo. Tu não sabe do que eu sou capaz. Eu prefiro apodrecer na cadeia a viver nesta casa contigo incomodando. Tu não sabe do que eu sou capaz.
Bernardo: (inaudível) Queria que tu morresse
Graciele: Tu não sabe do que eu sou capaz. Vamos ver quem tem mais força. Aí nós vamos ver quem tem mais força.
Bernardo: Quando tu morrer
Graciele: É, vamos ver quem vai para baixo da terra primeiro
Bernardo: Tu. Tu vai
Graciele: Então tá, se tu tá dizendo.

O vídeo mostra um quarto, que parece ser do casal. O celular está posicionado em um canto. O menino Bernardo não aparece em um primeiro momento. É possível apenas escutar seus gritos, como se estivesse preso em outro espaço da casa. Ele pede socorro e diz que foi agredido.
Depois, o menino já está no mesmo quarto que Leandro e Graciele. No local é possível ouvir o diálogo onde Graciele diz que prefere ver o menino morto a conviver na mesma casa. Mais para frente, Bernardo dá a entender que está olhando para a rua. Ele diz ao pai e a madrasta que há pessoas na rua olhando para casa e, momentos depois, a polícia chega.
Leandro, então, vai conversar com a Brigada Militar, enquanto Graciele instiga o menino. Ela o chama de “cagão” e “froinha”, por não ter ido reclamar à polícia. Bernardo começa a gritar dentro de casa dizendo que o casal o agrediu. O vídeo tem em torno de 30 minutos. No final, Graciele dá um medicamento para dopar o menino e a voz da criança fica diferente, mais lenta e calma.
Segundo a delegada Caroline Bamberg, as imagens foram gravadas pela madrasta com a intenção de dizer que Bernardo era agressivo com a família. O arquivo havia sido apagado do celular de Leandro, mas foi recuperado por técnicos do Instituto-Geral de Perícias.
Jonas Campos, Caetanno Freitas e Bernardo BortolottoDo G1 RS

               


Casal é preso suspeito de estuprar crianças em Santa Maria

Publicado | 10:51:00
Foto: PF/Divulgação
Um casal foi preso nesta quarta-feira (27), em Santa Maria, suspeito de violentar sexualmente pelo menos seis crianças. O homem, de 42 anos, e a mulher, de 36 anos, foram detidos pela Polícia Federal após a Justiça determinar a prisão preventiva.

O casal era investigado há cinco meses, desde que uma mãe fez denúncia. Segundo a polícia, o homem se dizia professor de artes marciais para meninos de oito a 15 anos, ganhava confiança dos jovens e, junto com a mulher, violentava as crianças. Eles recebiam as vítimas em casa, onde supostamente seriam feitas as aulas. A dupla responderá por estupro de vulnerável, com pena mínima de oito anos de prisão.

De acordo com a PF, eles mostravam vídeos pornográficos às vítimas, material que foi apreendido. Se ficar comprovado que havia imagens envolvendo crianças, eles também responderão por armazenamento e divulgação de material pornográfico infantil. As crianças eram intimidadas e ameaçadas, inclusive com a utilização de uma arma de choque. Além disso, as crianças eram obrigadas a fumar e ingerir bebidas alcoólicas.

Segundo o delegado federal José Antônio Amaral Neto, o Conselho Tutelar tem registros de denúncias apontando o homem com envolvimento nesse mesmo tipo de crime em 2008 e 2009, mas os casos não foram confirmados.

O casal está detido na Polícia Federal e será encaminhado a presídios da região. Os jovens recebem atendimento psicológico desde o momento em que deram depoimentos, relatando os abusos do casal.

Daniel Fraga/Rádio Gaúcha

'Bernardo fazia tudo sozinho', diz dentista do menino em audiência

Publicado | 10:18:00
Foto: Caetanno Freitas/G1
Além das delegadas responsáveis pela investigação da morte do menino Bernardo Boldrini, em abril deste ano no Rio Grande do Sul, foram ouvidos na audiência de instrução do processo realizada nesta terça-feira (26) no Fórum de Três Passos, Norte do estado, uma dentista que tratava a criança e um médico amigo de Leandro Boldrini, pai e suspeito da morte da criança. Os depoimentos foram dados a portas fechadas, e as informações foram divulgadas na madrugada desta quarta (27) pela assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça gaúcho (TJ-RS).
A dentista disse que via Leandro como uma pessoa "superocupada", que não tinha tempo para auxiliar o menino. "Bernardo fazia tudo sozinho, não tinha ajuda", afirmou, acrescentando que o médico concordava com a rigidez da madrasta.
O corpo de Bernardo foi achado no dia 14 de abril enterrado em um matagal na área rural de Frederico Westphalen, a cerca de 80 quilômetros de Três Passos, onde ele residia com a família. O menino estava desaparecido desde 4 de abril. São réus no processo Leandro Boldrini, a madrasta, Graciele Ugulini, a amiga Edelvânia Wirganovicz, e seu irmão, Evandro Wirganovicz. Eles estão presos e respondem pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.
Ainda segundo as informações da assessoria de imprensa do TJ, a dentista contou ter procurado Leandro para explicar que o menino precisaria da ajuda de um adulto como parte do tratamento odontológico. "Ele disse para que eu achasse outra solução porque não teria como", recordou.

Diagnóstico apontou 'carência afetiva'


A outra testemunha a depor foi um ginecologista amigo de Leandro. Ele disse que era próximo ao casal e lembrou que fez o parto da filha de Graciele. Segundo o médico, Bernardo foi submetido a um tratamento com um psicólogo, e o diagnóstico foi de "carência afetiva". "Bernardo não tinha nenhum problema psicológico", contou.

O profissional disse ter encontrado Leandro quando Bernardo ainda estava desaparecido, e se surpreendeu com a reação do amigo. "Ele não demonstrou nenhuma emoção. Não parecia um pai abalado pelo desaparecimento do filho", recordou.
A delegada Caroline Bamberg, responsável pelo caso, relatou à imprensa que obteve novas provas. Segundo ela, foram obtidos por peritos vídeos que mostram Bernardo ouvindo ameaças de morte da madrasta e palavrões do pai, e o menino sendo dopado pelo pai. Segundo a assessoria de imprensa do TJ, Caroline também disse ter apurado que a madrasta usava roupas da mãe do menino, Odilaine Uglione, que morreu em 2010 após ter cometido suicídio segundo a polícia, e ele era proibido de falar sobre ela. "Leandro dizia tua mãe te deixou, o que seria de ti sem mim", contou.
Ainda de acordo com a delegada, uma amiga de Graciele disse que madrasta de Bernardo ameaçava deixar Leandro por causa do filho dele. Ela dizia que ele (Leandro) teria que escolher entre ela e Bernardo. A amiga também relatou à delegada que o plano do casal seria sumir com o guri e, uns três ou quatro dias depois, darem conta do desaparecimento dele. "Ela dizia que ele [Leandro] teria que escolher entre ela e Bernardo", declarou.
O advogado da avó do garoto, Marlon Taborda, acompanhou os testemunhos e disse que as evidências apresentadas pela delegada são "muito fortes e importantíssimas". Segundo ele, Caroline mostrou também um vídeo de uma briga entre Leandro e o filho, na qual era utilizado um facão para provocar uma reação violenta de Bernardo. "O facão é dado ao garoto e logo depois o Leandro retira das mãos dele", conta.
Para o advogado Jader Marques, que defende Leandro Boldrini, pai do menino, o material exposto na audiência desta terça-feira (26) não só ajuda seu cliente como também comprova a falta de provas da acusação. Jader reforça a inocência do pai de Bernardo como mentor do crime. "Não há pontos concretos específicos do Leandro como mentor, executor ou qualquer participação", disse.
A promotora Silvia Jappe, como representante do Ministério Público na audiência, ressaltou a relevância das novas provas contra os réus para corroborar o indiciamento e a denúncia dos envolvidos. "As quatro testemunhas confirmaram toda a denúncia, foi confirmada a tese acusatória. Os vídeos são muito importantes. Como constou na denúncia, se mantém o entendimento do Ministério Público", afirmou.

Vídeos mostram ameaças e maus- tratos aos meninos, diz delegada


Na saída após o testemunho, Caroline ela revelou pontos do que disse ao juiz Marcos Luís Agostini, responsável pelo caso. Disse que a polícia entregou recentemente à Justiça um vídeo extraído do celular de Leandro, que mostraria o menino sendo dopado pelo pai, além de emeaças e maus-tratos. As imagens foram apagadas do aparelho, mas recuperadas pela polícia.

"O Leandro diz ao Bernardo: 'É esse remedinho que tu tens que tomar'. Nesse trecho aparece ele tomando medicamento e voltando meio 'grogue'. Foi proposital", afirmou a delegada ao final do depoimento nesta terça-feira (26).
Mais cedo, a delegada falou sobre outro trecho do mesmo vídeo, onde aparecem ameaças de Graciele Ugulini ao menino durante uma briga. "Vamos ver quem vai primeiro para baixo da terra", dizia Graciele nas imagens gravadas, segundo transcrição à qual o G1 teve acesso.
Nas imagens, Bernardo grita pedindo socorro, e o pai manda o menino ficar quieto. "Cala a boca, guri de merda, cagão", dizia o médico, de acordo com a transcrição. Também conforme a transcrição, a briga ocorreu em uma noite de sábado e chamou a atenção do vizinhos, que acionaram a polícia. A Brigada Militar esteve no local e acalmou os ânimos.
Do G1 RS

Candidatos ao Planalto fazem primeiro debate

Publicado | 01:42:00
Crédito: Marcos Bezerra/Estadão/CP
Os sete candidatos à Presidência participaram na noite desta terça-feira do primeiro debate da campanha deste ano: Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB), Aécio Neves (PSDB), Everaldo Pereira (PSC), Luciana Genro (PSol), Eduardo Jorge (PV) e Levy Fidelix (PRTB). O debate teve seis blocos.

No bloco onde os candidatos puderam perguntar uns aos outros houve os primeiros confrontos. Marina questionou a Dilma o que deu errado nos cinco pactos propostos pelo governo após os protestos de rua de 2013. “Nada deu errado”, respondeu Dilma, citando a implementação de escolas em tempo integral, o Mais Médicos e o controle da inflação. Em réplica, Marina afirmou: “Esse Brasil colorido descrito por Dilma, quase cinematográfico, não existe”.

A seguir, Dilma perguntou a Aécio sobre eventuais medidas impopulares que ele tomaria em seu governo. Aécio fugiu da provocação e disse que no governo do PT a indústria brasileira foi sucateada e destacou que país que não cresce não gera empregos. Na tréplica, Dilma disse que em três anos e oito meses, havia gerado mais empregos do que “vocês em oito anos”. 

Aécio questionou Marina sobre o abandono ao palanque de Geraldo Alckmin (PSDB) em São Paulo: “Será que a nova política não deve ter uma boa dose de coerência?”. Marina então respondeu: “A polarização PT-PSDB já deu o que tinha que dar. Mantive a coerência (ao abandonar o palanque de Alckmin) ao não favorecer a polarização”. 


Correio do Povo

Trânsito na ponte em Iraí é interditado

Publicado terça-feira, 26 de agosto de 2014 | 20:21:00
Fotos: Fábio Pelinson/AU
Com blocos de concreto e cargas de cascalho, o trânsito na ponte sobre o Rio Uruguai em Iraí foi interrompido para todos os tipos de veículos no fim da tarde desta terça-feira, 26. O trabalho de interdição iniciou às 17h15min, no lado catarinense da divisa, e seguiu noite a dentro. Após as 18 horas, os veículos que chegavam até a cabeceira, já eram impedidos de passar.
A decisão pela interdição da ponte se deu pela deterioração apresentada em um dos pilares da estrutura. Entre os problemas que a interdição gerará na região, está a situação envolvendo os comércios e postos de combustível às margens da BR-386, que tem sua renda atrelada diretamente ao movimento de caminhões e veículos na rodovia, além do fluxo de pessoas que trabalham ou estudam no estado vizinho. No início da noite deste terça-feira, 26, acadêmicos catarinenses que estudam na URI, campus de Frederico Westphalen, já tiveram que atravessar a estrutura a pé, rotina que deve se tornar comum. 
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) estará durante toda a noite desta terça-feira, 26, e quarta-feira, 27, realizando a orientação dos motoristas. 

Fábio Pelinson/AU



Marina abre 10 pontos sobre Aécio e venceria Dilma no 2º turno

Publicado | 18:31:00
Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (26) aponta Dilma Rousseff (PT) com 34% das intenções de voto para presidente da República e Marina Silva (PSB), com 29%. O candidato do PSDB, Aécio Neves, tem 19%, seguido de Pastor Everaldo (PSC) e Luciana Genro (PSOL), com 1% cada. Os outros seis candidatos somados acumulam 1%.

O levantamento indica que, em um eventual segundo turno entre Dilma Rousseff e Marina Silva, a ex-senadora teria 45% e a atual presidente, que tenta a reeleição, 36%.
Encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo", a pesquisa é a primeira do Ibope com Marina Silva como candidata do PSB. No levantamento anterior do instituto, divulgado no último dia 7, o candidato do partido ainda era Eduardo Campos, que morreu em acidente aéreo no último 13. Naquela pesquisa, Dilma tinha 38%; Aécio  Neves (PSDB), 23%; e Eduardo  Campos (PSB), 9%.

De acordo com a pesquisa desta terça-feira, 7% dos entrevistados disseram não saber em quem votar e 8% responderam que votarão em branco ou nulo. Na pesquisa anterior, os que responderam não saber eram 13% e brancos e nulos, 11%.

O Ibope ouviu 2.506 eleitores em 175 municípios entre os últimos sábado (23) e segunda-feira (25). O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00428/2014.

Confira abaixo os números na modalidade estimulada da pesquisa (em que o pesquisador apresenta ao entrevistado um cartão com os nomes de todos os candidatos) – todos os indicados com traço somam 1% das intenções de voto:

- Dilma Rousseff (PT): 34%
- Marina Silva (PSB): 29%
- Aécio Neves (PSDB): 19%
- Luciana Genro (PSOL): 1%
- Pastor Everaldo (PSC): 1%
- José Maria (PSTU): -
- Eduardo Jorge (PV): -
- Rui Costa Pimenta (PCO): -
- Eymael (PSDC): -
- Levy Fidelix (PRTB): -
- Mauro Iasi (PCB): -
- Brancos/nulos/nenhum: 7%
- Não sabe: 8%

Espontânea

Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:
- Dilma Rousseff (PT): 27%
- Marina Silva (PSB): 18%
- Aécio Neves (PSDB): 12%
- Outros: 2%
- Brancos/nulos/nenhum: 12%
- Não sabe: 28%

Segundo turno

O Ibope simulou os seguintes cenários de segundo turno:
- Marina Silva: 45%
- Dilma Rousseff: 36%
- Brancos/nulos/nenhum: 9%
- Não sabe: 11%
- Dilma Rousseff: 41%
- Aécio Neves: 33%
- Brancos/nulos/nenhum: 12%
- Não sabe: 12%

Rejeição

Dentre os 11 candidatos a presidente, Dilma Rousseff tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Veja os números:
- Dilma Roussef: 36%
- Aécio Neves: 18%
- Pastor Everaldo: 14%
- Zé Maria: 11%
- Eymael: 9%
- Levy Fidelix: 9%
- Rui Costa: 7%
- Marina Silva: 10%
- Luciana Genro: 8%
- Mauro Iasi: 6%
- Eduardo Jorge: 7%
Avaliação da presidente

A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma tem a aprovação de 34% dos eleitores – no levantamento anterior, divulgado no último dia 7, o índice era de 32%. O percentual de aprovação reúne os entrevistados que avaliaram o governo como "bom" ou "ótimo".

A pesquisa mostra ainda que o índice dos que desaprovam a gestão, ou seja, consideram o governo "ruim" ou "péssimo", é e 27% (31% no levantamento anterior). Consideram o governo "regular" 36% (na pesquisa anterior, 35%).

O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:

- Ótimo/bom: 34%
- Regular: 36%
- Ruim/péssimo: 27%
- Não sabe: 2%

Do G1, em Brasília

Emergências dos hospitais de Porto Alegre estão lotadas

Publicado | 17:31:00
Praticamente todas as emergências dos hospitais de Porto Alegre estão lotadas nesta terça-feira. Algumas chegaram a operar com mais do que o dobro da capacidade. 
Foto: Samuel Maciel

No Hospital Conceição (GHC), o setor, que dispõe de 64 leitos para o Sistema Único de Saúde (SUS), estava recebendo 128 pacientes no final da manhã. Segundo o médico emergencista do Núcleo Interno de Regulação de Leitos do Conceição, Celso Alves, as doenças respiratórias, cardiovasculares, além das decorrentes de patologia oncológica, são as mais diagnosticadas em pessoas que procuram a emergência da instituição. “Outros casos, de baixa complexidade, podem ser atendidos pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS)”, revelou.

O Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) está atendendo apenas casos de urgência, pois 110 pessoas recebiam atendimento nos 41 leitos da instituição. No Complexo Santa Casa de Misericórdia também foi registrada a superlotação do setor de atendimento a adultos pelo SUS. É o caso do Hospital Santa Clara, onde 40 pacientes ocupavam os 26 leitos disponíveis. Já no Hospital Dom Vicente Scherer, que atende conveniados, a situação estava mais normalizada, com 15 adultos sendo atendidos nos 14 leitos da instituição.

Atendendo apenas a convênios, o Hospital Ernesto Dornelles operava com restrição, já que têm 14 leitos, e atendia a 18 pacientes. Outros casos foram encaminhados a instituições que recebessem os mesmos convênios. Recebendo apenas casos graves, o Hospital São Lucas operava com a proporção mais grave, atendendo 42 pacientes tendo apenas 13 leitos disponíveis. As emergências pediátricas das instituições funcionam normalmente.

Marco Aurélio Ruas / Correio do Povo

Vídeo revelador mostra maus tratos a Bernardo, diz delegada

Publicado | 13:39:00
Foto: Letícia Waldow/AU
A delegada Caroline Bamberg, responsável pelas investigações da morte do menino Bernardo em Três Passos, no interior do Rio Grande do Sul afirmou, nesta terça-feira que existe um vídeo “revelador” que comprova como a criança era maltratada pelo pai, Leandro Boldrini, e pela madrasta Graciele Ugulini.
“É um vídeo bem revelador. Vocês vão ver, vão ter acesso a esse vídeo e vão ver como é, e a população vai ver com é mesmo”, disse a delegada em entrevista a rádio Gaúcha ao chegar no Fórum de Três passos, onde acontece a audiência de instrução do caso. 

Ainda de acordo com a policial a gravação com a participação do menino do pai e da madrasta foi encontrada na casa da família e nela “Bernardo conta que foi agredido”, disse a delegada. 

O pai do menino e a madrasta foram dispensados da audiência de hoje pela justiça, porque não devem ser interrogados.  Serão ouvidas apenas testemunhas, 24 de defesa e 11 de acusação. Edelvânia Wirganovicz, que ajudou a madrasta a matar e esconder o corpo, segundo a polícia, comparecerá à audiência.

A defesa do casal de réus tentou cancelar a audiência alegando que não constava no processo as perícias telefônicas, dos computadores e o resultado da perícia grafotécnica (que averiguou a autenticidade da assinatura no receituário usado para comprar o medicamento que matou o menino), mas a Justiça negou o pedido. 

O caso
Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, desapareceu no dia 4 de abril, em Três Passos, depois de – segundo a versão da família - dizer ao pai que passaria o fim de semana na casa de um amigo.

O corpo do garoto foi encontrado no dia 14 de abril, em Frederico Westphalen, dentro de um saco plástico e enterrado às margens do rio Mico. Na mesma noite, o pai, o médico Leandro Boldrini, a madrasta Graciele Ugulini, e a assistente social Edelvânia Wirganovicz foram presos pela suspeita de envolvimento no crime.

Segundo a Polícia Civil, o menino foi dopado antes de ser morto.

TERRA

Balsa não será instalada no rio Uruguai em Iraí

Publicado | 11:24:00
Foto: Divulgação/Juliet Manfrin
Com os problemas na estrutura da ponte do rio Uruguai, em Iraí, cogitou-se a possibilidade da instalação de uma balsa, para realizar o tráfego de veículos até 300 toneladas. No entanto, o engenheiro e chefe da superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), de Cruz Alta, Luiz Augusto Bassani, confirmou que essa possibilidade está descartada.

Segundo ele, a balsa de 500 metros quadrados que viria de Porto Guaíra, Paraná, demoraria cerca de seis meses para ser montada. A instalação fica inviável, pois além de muita mão de obra e altos custos, as obras para recuperação da ponte estão previstas para terminar em dezembro, prazo menor do que a colocação da balsa.
Suzanne Borela/Folha

Colisão frontal envolvendo três veículos deixa 6 pessoas feridas na RSC 287

Publicado | 11:10:00
Acidente na RSC 287 km 3, no Muda Boi, colisão frontal envolvendo três veículos: Uma Fiat strada branca, placas MIB 1866 de Criciumal, que seguia no sentido Triunfo/Montenegro com 2 homens, um Fiat Mille vermelho, placas ISP 8161 de Taquaruçu do Sul, que seguia no sentido contrário, com um casal, e uma Yamaha Factor, com um casal, que seguia no sentido Montenegro/Triunfo.

Informações de populares dizem que o Mille foi ultrapassar a moto e colidiu com a Fiat. O motorista do Mille ficou preso nas ferragens e foi retirado pelos Bombeiros de Montenegro. Foram 6 feridos sendo 2 com gravidade. Todos foram encaminhados para o HM.
  
Rádio Viva 90.7

Roubo qualificado em Loja Seberiense na madrugada desta terça-feira.

Publicado | 10:59:00
A Loja Maria Valentina, localizada no centro de Seberi,  foi vítima de roubo qualificado, a ação aconteceu por volta das 4h desta terça-feira dia 26 de agosto, menos de 10 dias depois da Loja Nicce Modas  também ter sofrido com o mesmo tipo de ação. Segundo informações da proprietária que chegou na empresa assim que o alarme disparou, os bandidos não estavam mais no local minutos após o furto.
De acordo com informações os gatunos estavam em um veículo Renault Clio, sedan de cor prata.

Portanto não adquiram produtos da marca Cavalera, Ellos, Moicana, Loft 747, Naguchi e Angelika Favoretto, sem saber a procedência, pois poderá ser produtos de furto.
Delonice Barbosa

Marina virá 'avassaladora' na pesquisa Ibope

Publicado segunda-feira, 25 de agosto de 2014 | 21:50:00
O coordenador financeiro da campanha de Marina Silva, deputado Márcio França, disse na tarde desta segunda-feira, 25, que pesquisas internas mostram um resultado "avassalador" em favor da candidata do PSB. De acordo com ele, a pesquisa Ibope de que será divulgada nesta terça-feira, 26, mostrará que Marina é uma das favoritas na corrida presidencial.
"Para quem era uma zebra, eu acho que hoje a Marina é favorita", disse o coordenador ao chegar para acompanhar o debate promovido pelo SBT com os candidatos ao governo de São Paulo. França é candidato a vice na chapa do tucano Geraldo Alckmin (PSDB).
França não respondeu qual é o patamar "avassalador" em que Marina deve aparecer amanhã, mas disse que os "números são muito fortes". "Os números que a gente tem de pesquisas internas, que o Ibope vai revelar amanhã, são avassaladores. Vai ter que se acostumar a um outro patamar", disse. "O Eduardo brigava para ficar famoso. Agora é como se as pessoas quisessem conhecê-lo. Ficaram com saudade de uma coisa que não conheciam. Tudo isso, de certa forma, deságua na Marina", avaliou.
França comentou ainda as declarações de Aécio Neves (PSDB) de que o bom desempenho de Marina Silva é como uma "onda", e que acredita voltar ao segundo lugar isolado nas pesquisas "dentro de 15 ou 20 dias". "O problema é o tamanho da onda. Tem onda de 2 metros, de 5 metros, de 10 metros. Aí não tem depois o que fazer se for muito grande", disse.
França afirmou ainda que na classe C "em especial" os números de Marina são impressionantes. "A classe C desloca sempre junto, as pessoas falam entre si. Ao se convencerem (em quem votar), as pessoas convencem outras", disse.
Questionado sobre seu novo papel de tesoureiro de campanha, França afirmou que assumiu o cargo nesta segunda e que ainda "não entrou nada". "Mas soube por amigos que vai entrar. Empresário entra muito pela chance (nas pesquisas). É da índole se deslocar pela chance", afirmou.
França comentou ainda a situação de resistência de Marina em dividir o palanque com Alckmin em São Paulo. Segundo o pessebista, a situação é a mesma de antes da morte de Eduardo Campos e agora caberá ao vice de Marina abrir espaço para o tucano. "Caberá a Beto Albuquerque pedir votos a Alckmin no programa eleitoral", afirmou.

ESTADÃO CANTEÚDO

Fotos

Comida e Receitas

Curiosidades

 
Copyright © 2012-2014 Portal - In Foco RS
Ametista do Sul-RS - (55) 3752-1096 - VIVO (55) 8142-4875 WhatsApp (55) 9638-8984